Grafocoaching para Orientação Vocacional e Profissional com Elisabeth Romar


Entre o ano de  2017 direcionado para a sua vocação.


Dúvidas relacionadas à escolha profissional? Vontade de se lançar em uma nova carreira?


Grafoanálise e a personalidade
Por meio da escrita, pode-se investigar e consequentemente determinar as características pessoais tais como: habilidades, capacidades, aptidões, valores, atitudes, tipo de inteligência, relação com o meio, autoestima, concentração, interesses estado emocional e anímico do momento de quem escreve.


O grafocoaching (análise da escrita + coaching) para orientação vocacional/profissional é indicado para adultos e adolescentes.  O processo tem duração de 3 meses e é realizado em 4 encontros  (presencial ou via Skype ao vivo) da seguinte forma:

1- O participante escreve um texto (tema livre) de no mínimo 20 linhas em papel sem pauta (instruções serão encaminhadas). Poderá enviar pelo correio, caso não possa estar presente.
2- 
 1ª reunião -  encontro presencial ou via Skype com duração de 45 minutos para obtenção de dados.
3- 2ª reunião - encontro presencial ou via Skype - 45 minutos. O participante responderá a um questionário personalizado e 1 questionário geral.
4 – 3ª reunião - encontro presencial ou via Skype. O participante irá responder 
 ao questionário “Descrição de Preferências”.
5 -4ª reunião -
  encontro via Skype ou presencial com a entrega do perfil (será também encaminhado por e-mail) com as características intelectuais, capacidade e disposição operativa para profissão/carreira, inteligências predominantes, inteligência social, inteligência emocional, capacidade de comunicação, autoconceito, confiança em si, grau de ansiedade + o passo a passo dos procedimentos que devem aplicados para alcançar seus objetivos.

Descoberta vocacional

As possibilidades de êxito no estudo e no futuro exercício da profissão são grandes quando o indivíduo realiza algo para o qual tem vocação. Optar por uma graduação, é visualizar o futuro de forma a desenvolver seu potencial, sendo essencial escolher o que realmente gosta e melhor se adapta para que tenha um bom desempenho e rendimento na carreira, sentindo-se realizado, feliz e remunerado de acordo com suas expectativas, podendo assim unir os prazeres material e ideal.
A graduação escolhida está estreitamente vinculada à realização pessoal, quando terá que decidir, assumir e comprometer-se, por isso deve-se levar em conta o que a escolha selecionada possibilita, uma vez que será a responsável pela própria subsistência.

 A descoberta vocacional não está apenas voltada para os jovens que concluem o ensino médio ou para um período da vida. Hoje em dia é importante que seja desenvolvida de forma sucessiva e constante, para apresentar-se aos adolescentes, aos jovens e aos adultos. É sucessiva e constante, porque ao obter o título de bacharel ou licenciado, a pessoa começa o planejamento para as especializações, mestrados, doutorados e outras graduações em combinação com a sua formação.
Descobrir a vocação é importante também para os desistentes de cursos superiores, pessoas insatisfeitas e frustradas com a sua carreira, mudanças de valores, surgimento de novos campos de trabalho, resgate de projetos, aposentadoria, melhor qualidade de vida e a busca do que realmente possa trazer-lhe felicidade e prazer em exercer. Atualmente, com a expectativa de vida ampliada, muitos começam a escolher um novo projeto de vida aos 40, 50, 60 anos ou mais, para continuar a viver com alegria e entusiasmo.

Grafocoaching
O primeiro passo para quem deseja escolher, trocar ou se lançar em uma nova profissão ou carreira é conhecer bem a si mesmo.

Autoconhecimento

Por meio da análise grafológica a pessoa alcança o autoconhecimento, passando a identificar suas potencialidades e limitações, se desenvolvendo de forma eficaz na vida, melhorando o que é necessário e enfrentando o dia a dia de maneira produtiva. Isso auxilia no planejamento estratégico de metas realistas para evitar frustrações futuras.
No final do processo de grafoanálise para orientação de carreira,  o participante receberá um quadro com o passo a passo dos procedimentos que devem ser aplicados para alcançar seus objetivos + o perfil grafológico com as características intelectuais, capacidade e disposição operativa para profissão/carreira, inteligências predominantes, inteligência social, inteligência emocional, capacidade de comunicação, autoconceito, confiança em si, grau de ansiedade.

Fatores de influência na escolha profissional
Existe a chance de a pessoa decidir errado a partir de expectativas e influências de outras pessoas, principalmente quando alguns pais não levam em consideração a opção do filho.
Os fatores que determinam a construção da vocação surgem desde os dotes que nascem com o indivíduo e nunca foram estimulados, até as destrezas manifestadas diante da criação de estímulos, dos conhecimentos adquiridos, das experiências, valores e crenças, gerando a possibilidade de um equilíbrio no momento de optar por uma profissão, elegendo a que melhor se adapta às suas condições.
A escolha da carreira é uma das decisões mais importantes e difíceis para o jovem que se vê rodeado de influências, recebendo uma grande variedade de informações através de diversos meios, tais como: família, escola, livros, grupo social, professores, internet, situação social e financeira, fantasias, informações (ou não) sobre planos de estudos e carreiras.
Com a escola, o jovem passa a adquirir informações, dominar novas habilidades e aperfeiçoar as que já possui, ampliando os horizontes intelectual e social.


Informações com : elisabethromar22@yahoo.com.br
Elisabeth Romar - Grafóloga, Pesquisadora, Diretora da Academia Internacional de Estudos Grafológicos, Membro da Associazione Internazionale di Psicologia della Scrittura, Membro Efetivo da Sociedade Brasileira de Grafologia (Sobrag) e do Círculo de Estudos Grafológicos, Perito Grafotécnico, Presidente do Colégio Brasileiro de Professores de Grafologia (2012-2014). Economista com MBA pela PUC – IAG - RJ em Finanças Corporativas e Marketing. Palestrante em Empresas, Universidades e Congressos Nacionais e Internacionais. Autora do livro "Las Inteligencias Múltiples y la Vocación en Grafología”, ministra cursos e realiza perfis na área de Recursos Humanos, Criminal e de Riscos, Orientação e Reorientação Vocacional e Profissional.