Emoções Falsas na Namorada de Jovem que caiu de jet ski no rio Sucuriú



A pouco estamos acompanhando a dor e a tristeza que paira neste momento sobre a namorada do jovem Vinicius Martins Barbosa que morreu no rio sucuriú após cair de um jetski. A notícia ganhou grande repercussão principalmente em Belo Horizonte, de onde veio o rapaz para uma festa de casamento. 

Após encontrar o corpo a equipe do TL NOTICIAS cujo vídeo de sua autoria, entrevistaram a namorada do rapaz. Entretanto chama a atenção o padrão comportamental da jovem. Ela cai em uma série de contradições não verbais e verbais. Aparecem centenas de sinais de fraude, e possíveis indícios de mentiras e contradições sobre suas reais emoções no momento. 



00:10 seg: O primeiro sinal na linguagem corporal que denuncia uma contradição emocional é o semblante. Micro expressões é o que chamamos de contrações involuntárias na face que revelam emoções ocultas e ocorrem em menos de meio segundo. A face da jovem não esboça nenhuma emoção de tristeza ou dor. Sua face está neutra. Não há nem tristeza, nem abatimento. 

É interessante notar que além da face não apresentar nenhuma tensão muscular, o resto do corpo também não demostram tristeza verdadeira. Outro ponto importante na avaliação da tristeza, são as sobrancelhas. 

A tristeza verdadeira se forma quando as sobrancelhas são contraídas fortemente para o centro da testa. As partes inferiores sobem, e as partes exteriores abaixam ligeiramente. Na jovem, as sobrancelhas não demonstram qualquer tipo de tristeza ou emoção em desalento. 

Os olhos é outro ponto importante na avaliação de uma real emoção. Os olhos exprimem o sentimento do subconsciente. Exibem a exteriorização de um estado interior. Os olhos são considerados a janela da alma. Nos olhos da jovem não existe qualquer emoção que denote tristeza; estão completamente relaxados assim como o rosto. Ela está mentindo sobre suas emoções.


00:17 seg: Enquanto fala "ter encontrado o corpo dele" e "poder me despedir dele" ela realiza um gesto que dura menos de um segundo. É chamado de "atividade dispersiva" o gesto transmite falta de confiança no que fala. Na linguagem corporal, existem os três macaquinhos como exemplo de um dos principais sinais da mentira, que é tapar as orelhas (não querer ouvir), tapar os olhos (não querer ver), e tapar a boca (não querer falar), entretanto os gestos variam bastante de idade para idade, e quanto maior a performasse e habilidade lógica e mecânica para mentir da pessoa, melhor será a mentira, e menos estes sinais serão aparentes. O gesto de tapar a boca é conhecido na linguagem corporal como um gesto de bloqueio. A pessoa quando mente, tapa a boca para bloquear as palavras que foram ditas. O sistema nervoso central que envia os impulsos elétricos que contradizem a fala é o responsável por mostrar as incongruências. O gesto é mais aparente em crianças que quando mentem, tapam imediatamente a boca deliberadamente. Na adolescência o gesto vai se aperfeiçoando, e em vez de tapar a boca ligeiramente a pessoa somente passa o dedo, passa a mão e etc. O gesto pode variar, contudo, tem o mesmo significado.

Na evolução dos gestos na linguagem corporal moderna, temos inúmeros gestos que foram "adaptados" e que evoluíram. Morder a língua pode ser um deles. E tem o significado de querer "se calar" e não falar o que está falando, pois sabe que não é a verdade ou não tem e não quer dizer o que diz.


00:26 seg: Se repararem nesta parte do vídeo enquanto fala do namorado morto, ela com o dedo faz um gesto de "enrolar" o cordão da blusa. São chamados de manipuladores. Jamais uma pessoa com estado emocional realmente abalado teria este gesto. O gesto mostra que ela está com total consciência. Está em alerta. São contradições incongruentes que indicam que não está triste e em desespero como demostra estar. O gesto pode indicar também que está com tédio, sem saber o que mais vai falar para transparecer e forjar uma tristeza ou desespero emocional.


00:28 seg: Choro Falso. O choro do crocodilo. A tendência de um choro verdadeiro são 1. Lágrimas: A lágrima é liberada pelo sistema nervoso parassimpático. Quando a pessoa está em estado emocional alterado em tristeza extrema o cérebro envia impulsos ao SNP espalhadas pelo corpo que a partir dai, estimulam glândulas lacrimais que estão localizadas acima das órbitas oculares. As lágrimas caem pela superfície dos olhos e um pouco cai no duto nasal. A acetilcolina (secreção que sai durante o choro) provoca o aumento da secreção do nariz, produzida por células e glândulas da mucosa nasal. Pouco depois, começa o funga-funga e escorre do nariz uma mistura de secreção nasal e lágrimas. Não existem lágrimas, os olhos estão secos. 2. Escorrimento e Fungo: O que também denuncia seu choro forçado. Ao chorarmos nossa tendência é levantar a cabeça para cima, para impedir que venha a escorrer de forma demasiada a secreção nasal. Ela a todo instante mantém a cabeça ligeiramente em posição normal e para baixo (tentativa de esconder o rosto). 

O gesto também que mostra uma falsa emoção, é levar a mão no olho. É um gesto manipulador que tende a mostrar que está "enxugando" as lágrimas que caem. Porém sem a presença delas. É caracterizado um gesto incongruente.


00:29 seg: Ela ainda com a mão no olho na tentativa de "enxugar" uma lágrima de um choro falso, novamente morde a língua. Sua face ainda continua neutra, sem presença de tensão muscular de tristeza ou abatimento emocional.

Sua mão está aberta no peito. É um sinal de aconchego, de "querer se acalmar", contudo o gesto apaziguador está também forçado e consciente. Ela fica com o mesmo gesto por mais de minutos, fora do normal.


00:33 seg: O "engolir a seco" é forçado e consciente. Geralmente este gesto é realizado para ter tempo em criar o que mais vai dizer e colocar as ideias no lugar. Sua face continua neutra e suas sobrancelhas sem transparecer tristeza verdadeira. Seus olhos a todo instante voltam-se para baixo ao término de frases. Uma série de incongruências.


00:33 seg: "todas as lembranças que eu terei dele, são as melhores possíveis". Na realidade, ela não concorda com isto, repare na tristeza forçada. Na testa aparecem ações de micro rugas horizontais, chamadas de rugas da dificuldade e do pesar. Percebemos que o gesto é forçado pois não existe presença de tensão na ação da testa. A micro ruga é uma atividade dispersiva denotando incongruência.

00:43 seg: Ela da início a um show de "emoções" desencadeadas. É o que eu chamo. É comum entre os atores que trazem problemas emocionais de casa, para as novelas quando necessitam realizar uma cena de tristeza. A jovem começa a contorcer o rosto propositalmente e conscientemente para parecer desesperada. Há flaches significativos de desvio de ações. Ações pensadas. Percebemos que o gesto é mecânico, quando vemos que a pessoa pensa, e só depois age. Ela tentou simular um choro, lembrando de acontecimentos passados que a fizeram sentir triste, ou desde modo. Mas o teste para atriz não deu muito certo. Apareceram uma série de incongruências e sinais de mentira. Ela ainda continuou com a mão no peito (simular um gesto de auto acalmar) ainda continuava passar o dedo nos olhos (simular o enxugo de um choro) e sua face mudava de aspecto constantemente para parecer triste, porém sem tensão real que é um acúmulo de energia nervosa enviada pelo nosso sistema nervoso central e sem a contração das sobrancelhas.

No final do show aos 00:54 ela tem até um "tremelique" proposital para parecer nervosa. Porém em seu tremelique, não existe tensão real.




01:04 seg: Continua a passar a mão no rosto, para simular o enxugo de lágrimas imaginárias. Neste exato momento do vídeo, repare que ela tem um gesto de estalar os dedos. O que denuncia também uma falsa tristeza e abatimento emocional. Mais indicativos de que o cérebro está trabalhando perfeitamente, e tudo o que ela realiza está consciente.


01:19 seg: Além de todas as características de fraude que denunciam que ela não estava sentindo nada daquilo que mostra na entrevista. Seu comportamento verbal também mostra incongruência. A todo instante ela força um padrão de voz para parecer triste. Percebo que a voz é forçada, pois o som na câmara de ressonância é mais grave. Ela tem oscilações timbre e tom a todo instante da entrevista. Da mesma forma, a jovem massageia as mãos o tempo inteiro. Indicativo de gesto manipulador. Os "soluços" de choro, forçadíssimos. Não há o carregamento da voz, ou timbre sobrecarregado, voz embargada e etc. Na análise de stress vocal, é fácil de identificar.


02:07 seg: Ela começa a dar um novo show. Todos os outros gestos de incongruência e fraude continuam da mesma forma. Porém ela realiza o gesto de olhar para a câmera enquanto simula um enxugamento das "lagrimas". Gesto fora de padrão. O normal seria ela não olhar, e mais ainda, nem dar entrevista. Pense você perder uma mãe e querer dar uma entrevista de três minutos e ainda olhar para a câmera dizer que está na tv e agradecer até o padre marcelo por ter ajudado a ter encontrado o corpo do rapaz.


02:12 seg: "foi muito importante para mim" Na realidade ela não concorda com isso totalmente. Aparecem dezenas de sinais de mentira em seu padrão comportamental. 1. Ao mesmo tempo que ela afirma com a boca que "foi muito importante para mim", sua cabeça gesticula negativamente. Acontece quando não acreditamos no que dizemos. Dizemos que sim, mas a cabeça diz que não. 2. Em sua construção de texto, na análise do discurso, também nota-se uma incongruência. Ela diz "ele era filho único". São detalhes desnecessários embutidos no discurso para inflar e dar mais peso no processo de mentir neste caso. 


00:26 seg: Ao final da entrevista, novamente aparecem infinidades de contradições. Ao dar mais um show, ela termina tapando o rosto (esconder a falsa emoção), enxugando as lágrimas imaginárias, e tapando os olhos significativamente. 

Todos os seus gestos de contradições eram exteriorizados através de suas reais emoções. No vídeo, queria transparecer tristeza e desespero, pesar e luto. Porém seu corpo dizia totalmente o inverso. Não demonstra e não sente, nada verdadeiramente do que está a dizer.

Bruno Santos da Silva 
Especialista em Linguagem Corporal e Micro Expressões

5 comentários:

  1. quando vi este vídeo ... achei meio estranho o jeito dela ... sabe que suspeitei a mesma coisa

    ResponderExcluir
  2. Sergio dos Santos Donato8 de maio de 2015 11:09

    Muitoooooooo bom... simplesmente fenomenal suas análises...

    ResponderExcluir
  3. Impressionante, a menina está totalmente fingindo emoções

    ResponderExcluir
  4. porque será que ela está mentindo ein ?

    ResponderExcluir

Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, termos agressivos, propaganda comercial, ou comentários desnecessários sem conteúdo. Para o envio de mensagens pessoais para o autor, utilize o e-mail. Caso haja erro no processamento na página ou vídeo com a análise ou artigo, deixe seu comentário para manutenção imediata.