"Amor Virtual" É possível Amar alguém a Distância pela Internet?

2ª Edição Revista e Atualizada.


"O relacionamento pela internet nada mais é do que coisas que pensamos e imaginamos a respeito do outro, coisas que fazem parte das nossas próprias fantasias e expectativas, logo não é amor".

Muitas pessoas encontram o "amor da sua vida" pela internet, seja em redes sociais seja por sites de encontros... E para melhorar, parece que aquele ser que amamos tanto, se encontra longe de nós e nos perguntamos do porque as pessoas legais moram sempre longe. Aquele amor, aquele sentimento que sentimos de afeto profundo pela pessoa é o melhor sentimento que pode existir, mas no fundo existe a infelicidade da distância que cruzam os dois. Mas a pergunta mais notória fica... É possível amar alguém que se conhece pela internet? A resposta é Não! Primeiramente eis a pergunta que faço para cada um para responder para si mesmo. Você ama o que ele realmente é, ou ama quem você acha que ele pode ser? 

Se você o ama pelo que você acha que ele é, isso é um absurdo o que faz te confundir os sentimentos, pois você "ama" uma pessoa que você mesmo projetou e idealizou ou imaginou que ela fosse, ou seja, oque não é a verdadeira realidade. Agora se ama o que ele realmente é, parabéns você realmente o ama de verdade. Mas sigo com outra pergunta. Como você pode amar ele no que ele realmente é se vocês nunca tiveram contato? Nunca se falaram pessoalmente? Nunca o viu como acorda de manhã? Nunca sentiu seu cheiro? Seu toque? Seus beijos? Ou seja, nunca conviveu pessoalmente com ele? 

Pela internet, celular o que for, sempre será tudo lindo maravilhoso... Um chama o outro de amor, minha vida, diz que ama, que é sempre a pessoa que esperou, mas não passa daquilo, isso porque o relacionamento pela internet nada mais é do que coisas que pensamos e imaginamos a respeito do outro, coisas que fazem parte das nossas próprias fantasias e expectativas, logo não é amor. Ela não sabe que você tem defeitos, ele não sabe que você tem defeitos. E quando digo defeitos, digo sobre as mais profundas intimidades de cada um. Por fora da internet, ele não sabe de suas dificuldades, de seus problemas, dos seus momentos atribulados, o que todo mundo tem. Pode até saber, mas não está ali na convivência, nos momentos que você está triste, com depressão, de tpm, nos momentos de angustia. Ele não sabe como você fica durante esses sentimentos, não sabe como você reage quando está assim, não sabe do seu dia a dia e não sabe de suas manias. Mas pela internet é tudo muito lindo! O que torna aquela pessoa especial, pois um não sabe das verdadeiras intimidades e convivências do outro, não está junto convivendo com os defeitos dela. 

O amor verdadeiro, nasce a partir do momento que defeitos e qualidades conjuntamente são postos a mesa, daí se pode eleger... "Conheço seus defeitos e suas qualidades e estou disposto a viver o desafio de fazer isso dar certo..." Muitas pessoas no esforço em perder aquela pessoa diz "Estou fazendo um esforço para que eu seja como ele queira..." Então pense bem, ele não a ama pelo que você é... Ele "ama" alguém que ele gostaria que você fosse, o que sai da realidade e se torna uma verdadeira ilusão, uma projeção dele de querer uma pessoa que ela está criando em suas próprias expectativas. A partir do momento que você não tem convivência com a pessoa e esquece de ver a parte interior de sua intimidade e não a conhece pessoalmente, não sabe seu cheiro, seu toque, seu beijo, seus defeitos, você não ama alguém que realmente é, ama alguém que você acha que ela é, saindo da realidade e tornando-a uma ilusão; é aí que o "amor" que muitos intitulam torna-se ilusão .

De nada adianta alguém "amar" uma pessoa que acha como a outra deve ser, e como sai da realidade e se torna ilusão que o outro cria, isso é uma paixão, não amor. Paixão é uma projeção que você faz daquela pessoa de como você acha que ela pode ser, aquele encantamento, aquela pessoa que você acha que é a melhor pessoa do mundo, o príncipe encantado... Agora, o amor sim é a realidade, o amor é quando você a conhece pessoalmente, conhece seus defeitos, suas manias, seu toque, seus beijos, seus problemas e suas qualidades, e mesmo assim ainda quer estar com ela... Porque? porque você realmente a ama, ama o que ela é, e não alguém que você imaginou como fosse. Então ao se tornar uma ilusão, não é amor, é paixão. 

A realidade é o amor. Sempre dizemos que aquela pessoa virtual é a melhor pessoa do mundo, e buscamos nela o nosso conforto com breves momentos felizes, isso porque é a paixão, a ilusão tomando conta, saindo da realidade; e no impulso, confundimos os sentimentos de achar que amamos aquela pessoa e dizemos isso a ela, alimentando ainda mais aquela ilusão de achar como o outro é.

 Onde um dia se encontram começam a viver juntos e um tempo depois tudo começa a aparecer o que é realmente de cada um, e as nossas idealizações e fantasias que criamos quando estava tudo virtualmente, não se aguentam intactas, pois cada um mostra como é o outro realmente na convivência e logo cai tudo por terra. Não estou dizendo que não é possível alguém fazer a vida com alguém que conhece pela internet, digo que é impossível amar uma pessoa que se conhece virtualmente sem saber como realmente ela é. Então fica as indagações, você "ama" ele pelo que você acha que ele é, ou pelo que ele realmente é. Você "ama" ela pelo que você acha que ela é, ou pelo que realmente ela é?

Bruno Santos da Silva 
Especialista em Linguagem Corporal e Micro Expressões

11 comentários:

  1. Muito bom! Esta cada vez melhor!

    ResponderExcluir
  2. Realmente é verdade.. não se tem como amar alguém pela internet

    ResponderExcluir
  3. Jéssica da Silva Gonzaga21 de março de 2013 21:19

    Estava com uma dúvida tremenda a respeito de meus sentimentos por uma pessoa ... graças a Deus o artigo me esclareceu bastante. ótimos artigos!

    ResponderExcluir
  4. Gostei, é sempre bom ler artigos assim, parabéns!

    ResponderExcluir
  5. Cristopher Antunes Morais24 de março de 2013 12:18

    Seria que poderia me passar seu face para segui-lo ?

    ResponderExcluir
  6. sensacional, seu nível de questionamento e filosofia é muito alto e claro

    o que se parece muito comigo
    o que me leva a crer que para chegar onde está sofreu muito e talvez repulsa de como era, então decidiu ser mais e entender mais

    foi assim comigo rsrs

    ResponderExcluir
  7. Discordo! Conheço várias pessoas que se apaixonaram pela internet, se conheceram depois de longo tempo, casaram, tem filhos e são felizes. Não existe mais essa barreira entre virtual e realidade. Nós fantasiamos em qualquer situação, seja virtual ou real. Criamos as mesmas expectativas... parece um texto de alguém que se decepcionou muito e agora generaliza a situação.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rosa, concordo com seu ponto de vista. Mas você está distorcendo fantasia da realidade. Conhecer alguém pela internet e depois sim ter uma convivência, é certamente o ideal. Agora, fantasiar durante meses com uma pessoa durante uma rede social e depois confundir os sentimentos a dizer que a "ama" é pura besteira, chega até ser ingenuo da parte da pessoa. É completamente diferente as situações. Não estou dizendo que é impossível amar alguém que se conheça na internet. Disse que é impossível amar alguém através da internet por não ter a convivência correta. Dai amará ela não pelo que ela realmente é, e sim pelo que projeta sobre ela. Ou seja a confusão da realidade com a ilusão. Está certa sim que criamos as mesmas expectativas, mas as expectativas no real temos controle sobre elas, pois estamos em convivência com o indivíduo, agora no virtual não temos controle, fazendo com que nossos pensamentos fiquem a merce da pessoa, e em alguns casos se tornando um vício doentio ilusório. E esta correta quando disse que me decepcionei, todos temos nossos momentos na vida e aprendi com os meus, mas erra ao dizer que generalizo. Generalizar é dizer que amor não existe e que mulher nenhuma ou homem não presta, porque não teve sorte com nenhum, isso sim é generalizar.

      Excluir
  8. Isso aí Bruno, concordo com seu texto!! Parabéns continuem com este trabalho , muito bom!! Volte e meia eu passo por aqui. Até mais :)

    ResponderExcluir
  9. Eu achei o texto maravilhoso, muito lúcido! Eu concordo plenamente com o Bruno que dizer que "ama" alguém sem antes conhecer e conviver é pura ilusão.

    ResponderExcluir

Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, termos agressivos, propaganda comercial, ou comentários desnecessários sem conteúdo. Para o envio de mensagens pessoais para o autor, utilize o e-mail. Caso haja erro no processamento na página ou vídeo com a análise ou artigo, deixe seu comentário para manutenção imediata.